Observatório da UFSC apresenta projeto de reestruturação do transporte coletivo para para Comitê da Região Metropolitana da Grande Florianópolis

A reestruturação do transporte coletivo foi tema da primeira reunião do Comitê de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (CODERF) com os novos membros da sociedade civil organizada nessa quarta-feira, 20. O Comitê reúne técnicos do Governo do Estado, das nove prefeituras da região e da sociedade para deliberar sobre a execução das funções públicas de interesse comum aos municípios que constituem a RMF, como transporte, saneamento e resíduos sólidos.


Foto: Rosália Dors Pessato


O professor Werner Kraus Junior apresentou o projeto da criação de um sistema metropolitano de ônibus, chamado de Rede Integrada de Transporte Coletivo Metropolitano, que substituiria os sistemas intermunicipal e municipais da região metropolitana da Grande Florianópolis, unindo Governo do Estado, Águas Mornas, Antônio Carlos, Biguaçu, Gov. Celso Ramos, Palhoça, São José, São Pedro de Alcântara e Santo Amaro da Imperatriz. “A ideia da troncalização do sistema de ônibus é colocar ônibus articulados, com maior capacidade para ganhar eficiência, tornar o serviço na região alimentadora (linhas municipais) mais eficiente desde que não seja adotado de maneira ortodoxa. Se um ônibus de Antônio Carlos estiver cheio para a Ilha não há necessidade de transbordar as pessoas em Biguaçu”, explicou Kraus Jr.


Além de reorganizar as linhas de ônibus, a Rede Integrada terá um único cartão de transporte, veículos novos com acessibilidade, informações ao usuário e terminais de ônibus em Biguaçu e Palhoça. Já a integração com o sistema municipal de Florianópolis deve ocorrer futuramente. “Como diretor do Consórcio Fenix temos interesse em fazer a integração, pelo menos, tarifária”, adiantou Gildo Formento.


Antes de lançar edital único de licitação para a RMF, o Governo do Estado e as prefeituras vão firmar convênios de cooperação e contratos de programa para fazerem a gestão associada do novo sistema de ônibus.


Estiveram na reunião do Coderf representantes das prefeituras de Antônio Carlos, Biguaçu, Florianópolis, Palhoça, São José e Santo Amaro da Imperatriz, além da Suderf (Superintendência de Desenvolvimento da Região Metroplitana de Florianópolis), Grafnpolis, SENGE, Setuf, CAU e Fetransesc.

Acompanhe nossas últimas notícias

Encontre aqui notícias relacionadas à estudos, pesquisas, debates e projetos sobre o tema da mobilidade urbana.